Polícia

Greco prende quatro hackers acusados de aplicarem golpes no Piauí

As prisões foram efetuadas pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado da Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (16), no bairro Cabral em Teresina.
16/10/2019 14h00 - atualizado

Na manhã desta quarta-feira (16),o Grupo de Repressão ao Crime Organizado da Polícia Civil do Piauí efetuou a prisão de quatro pessoas em um flat no bairro Cabral, em Teresina.

De acordo com informações repassadas pelo Delegado Tales Gomes, foram presos: Deividi Rodrigues de Oliveria, Franciel Arnauld Pinto, Nayza Regina dos Santos Câmara e Rodrigo Cunha das Neves pelos crimes de organização criminosa, uso de documento falso e estelionato. 

O delegado explicou que os acusados são hackers e obtinham os dados correntistas, através de programas aplicativos e falsificavam os documentos e que são oriundos dos estados do Pará e Maranhão.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilAcusados que foram presosAcusados que foram presos

Segundo a polícia, a ação criminosa consistia em obter os dados de correntistas, alterar documentos com os dados dos correntistas e efetuar os saques em agências bancárias do interior do estado.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilMaterial apreendidoMaterial apreendido

De acordo com o delegado Tales, os investigados estavam no Piauí há cerca de dois meses e vinham sendo acompanhados pela equipe de investigação  do Greco.

A operação deflagrada hoje resultou na apreensão de documentos falsos, dados de contas correntes e equipamentos de informática usados para falsificação. Os investigados após serem interrogados serão encaminhados ao sistema prisional.

Mais na Web