Piauí

Greve dos motorista de ônibus pode terminar na segunda em Teresina

Durante a segunda audiência de conciliação, serão apresentadas algumas propostas para que trabalhadores e empresários entrem em um acordo e ponha fim à greve que já dura 34 dias.
12/03/2021 18h10 - atualizado

A greve no sistema de transporte público de Teresina, que já dura mais de 30 dias, poderá chegar ao fim na próxima segunda-feira (15), quando será realizada uma nova audiência entre o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários no Piauí (Sintetro) e o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut).

Durante a segunda audiência de conciliação, serão apresentadas algumas propostas para que trabalhadores e empresários entrem em um acordo e ponha fim à greve que já dura 34 dias. Entre as propostas está o retorno, de forma imediata, dos motoristas e cobradores ainda no dia 15 de março; a suspensão do movimento grevista, e o pagamento dos salários referentes ao mês de janeiro até o dia 18 de março (quinta-feira). Caso a Prefeitura de Teresina faça o repasse dos valores antes da data final, o pagamento aos trabalhadores deve ser realizado de forma imediata.

  • Foto: Luis Marcos/ViagoraParalização dos talhadores de ônibusParalisação dos motorista de ônibus

Segundo o Sintetro, caso o Setut concorde com as propostas, a categoria pede um prazo para consultar os demais trabalhadores e tomar uma decisão. A audiência está prevista para ser realizada às 11h do dia 15 de março.

Os motoristas e cobradores de ônibus de Teresina deflagraram a greve geral no último dia 08 de fevereiro após uma série de paralizações. A categoria reivindica o pagamento integral dos salários, que não ocorre deste o mês de janeiro, pagamento do ticket de alimentação e do plano de saúde.  

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web