Política

Gutim é acusado de não entregar chaves da Prefeitura de Paes Landim

O prefeito empossado Thalles Marques acusa o ex-prefeito de se recusar a entregar as chaves da prefeitura e não repassar informações sobre a sua gestão.
02/01/2021 17h45 - atualizado

O novo prefeito de Paes Landim, Thalles Marques (Progressistas), acusou o ex-prefeito Gutemberg Moura (PT), mais conhecido como Gutim, de se recusar a entregar a chave da prefeito e de outros órgãos do município, além de não ter repassado informações sobre a sua administração.

De acordo com informações divulgadas por Thalles Marques à imprensa local, até o momento, o ex-prefeito Gutim não teria repassado a ele nenhuma documentação da prefeitura, assim como as chaves para ter acesso ao prédio do órgão, e não teria se reunido com a equipe do novo prefeito para realizar a transição de gestão.

  • Foto: Divulgação/FacebookO prefeito Thalles Marques acusa o ex-prefeito Gutim de não entregar as chaves da prefeitura.O prefeito Thalles Marques acusa o ex-prefeito Gutim de não entregar as chaves da prefeitura.

O novo prefeito afirmou que enviou ofício a Gutim com os nomes da equipe de transição uma semana após a vitória nas eleições municipais, mas que não obteve resposta do então gestor de Paes Landim. Desde então, a equipe de Thalles Marques têm buscado o ex-prefeito para iniciar as reuniões de transição, mas nada foi feito.

Empossado nessa sexta-feira, 1º de janeiro, Thalles informou que até o momento da solenidade de posse não teve acesso às informações acerca dos dados da Prefeitura de Paes Landim. Após a solenidade, o prefeito visitou alguns pontos públicos da cidade. O primeiro ponto foi a prefeitura, mas sem acesso às chaves, o prefeito não teve como entrar no prédio.

  • Foto: GP1Gutemberg Araújo, conhecido como Gutim, prefeito de Paes Landim.Ex-prefeito Gutim teria se recusado a fornecer informações sobre a sua gestão.

O prefeito foi ao posto do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que estava fechado. Logo após, ele foi à Unidade Mista de Saúde de Paes Landim e solicitou uma reunião com a direção, no entanto, não teria sido recebido pelas autoridades do hospital.

Thalles Marques afirma que a Unidade Mista de Saúde é um hospital que em 2007 foi municipalizado, quando a gestão passou a ser de responsabilidade do município. Ele disse que o objetivo da conversa era entender se o hospital permanecia sob direção da prefeitura, no entanto, ao adentrar na unidade de saúde, o prefeito foi abordado por uma técnica de enfermagem que o impediu de falar com a direção. Segundo ele, todo o material presente no hospital era de propriedade do município.

Nesse momento, algumas pessoas se reuniram em frente ao hospital e iniciaram um protesto. Após isso, enfermeiras informaram ao prefeito que iriam acionar a direção do hospital para que houvesse a reunião com ele. Apesar disso, Thalles afirmou que a direção foi ao hospital, mas não o recebeu, declarando que não tinham a documentação necessária para dar as explicações solicitadas pelo gestor.

O secretário estadual de Saúde, Florentino Neto, teria enviado ao prefeito de Paes Landim um documento que foi publicado no Diário Oficial do Estado no dia 28 de dezembro, sendo que a única Unidade Mista de Saúde devolvida ao estado foi a de Paes Landim.

Após o episódio, Thalles afirmou que a equipe do ex-prefeito Gutim iniciou o processo de transição de gestão na manhã deste sábado (2), mas que ele permanece sem acesso às chaves da prefeitura.

Outro lado

Até o fechamento da matéria o ex-prefeito não foi encontrado para falar sobre o assunto.

Mais na Web