Política

"Há um clamor do povo pelo nome de Sílvio Mendes", diz Marden Menezes

Segundo o deputado, o retorno de Sílvio Mendes ao PSDB faz com que o nome do ex-prefeito esteja à disposição não só do partido, mas da oposição e do Piauí.
29/06/2021 17h15

Nesta terça-feira (29), o deputado Marden Menezes (PSDB) falou ao Viagora sobre a possibilidade do ex-prefeito de Teresina, Sílvio Mendes (PSDB), sair candidato nas eleições de 2022 ao Governo do Piauí ao lado de Ciro Nogueira (Progressistas), ou até mesmo encabeçar a chapa.

De acordo com o parlamentar, há um chamamento por parte da população, tanto na capital quanto no interior, pelo nome de Sílvio Mendes. Marden afirma que há grandes chances do tucano ser candidato ao Governo do Estado.

“Possibilidade total, nas duas situações [ser o vice ou o candidato]. A gente observa que há um chamamento, um clamor do povo de Teresina e de cidades importantes do Piauí, sobretudo as cidades com maior contingente populacional, em relação ao Dr. Silvio pelo seu legado, pela sua história, pelo grande prefeito que foi. Dr. Silvio tá em plenas condições de exercer qualquer função. Quando se cita o nome do Dr. Silvio Mendes ele é de longe o mais lembrado, o mais pedido”, comenta o deputado.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraDeputado Marden MenezesDeputado Marden Menezes (PSDB)

Na oportunidade, Marden explicou que o retorno de Sílvio ao PSDB faz com que o nome do ex-prefeito esteja à disposição não só do partido, mas da oposição e do Piauí. O deputado ressalta ainda que estão ouvindo os partidos, a população, para a formação de uma chapa que seja do “sentimento popular”, pontuou o deputado.

“Nós construímos esse retorno do dr. Silvio Mendes ao PSDB e naquilo que ele retorna ao partido, certamente o nome dele estará à disposição, não só do PSDB, não só das oposições, mas do povo do Piauí. É um processo de diálogo, de construção, onde nas oposições não haverá nenhum tipo de imposição. Não tem aquela história do partido dizer ‘eu só vou se eu tiver isso ou aquele cargo’. Nós estamos dialogando, pesquisando, ouvindo o interior, ouvindo a capital, no sentido de termos a formatação mais a frente da chapa majoritária que corresponda ao sentimento popular”, finalizou o deputado.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web