Piauí

Hemopi registra queda de 50% nas doações durante pandemia

O diretor do Hemopi, Jurandir Martins, tranquilizou a população sobre a especulação de que doar sangue abaixa a imunidade.
20/03/2020 10h30 - atualizado

O Centro de Hemoterapia do Piauí (Hemopi), em Teresina, registrou queda de 50% no volume de doações diárias de bolsas de sangue durante a pandemia do novo coronavírus.

A queda nas doações não se dá apenas pelo cumprimento do decreto de evitar aglomeração de pessoas, muita gente associa a doação de sangue como um processo perigoso para o contágio do Covid-19. No entanto o diretor do Hemopi, Jurandir Martins, afirma não há nenhuma possibilidade de contrair o coronavírus por meio da transfusão, mas incentiva que as medidas preventivas devem ser mantidas.

“Não há risco de adquirir o coronavírus por meio de doação de sangue. Sabemos que o coronavírus é transmitido ao tocar em superfícies contaminadas com o vírus, através também de gotículas de espirro, tosse, de quem está infectado. Não existe evidência alguma que por meio da transfusão de sangue o vírus seja transmitido. É um momento oportuno que tranquilizamos a população sobre isso, claro que nós temos que ter as precauções e evitar aglomerações e contato físico”, disse Jurandir Martins em entrevista à TV Cidade Verde.

O diretor tranquilizou ainda sobre a especulação de que doar sangue abaixa a imunidade. Jurandir explica que o doador de sangue não fica mais vulnerável ao contagio do coronavírus, isso porque o corpo repõe a quantidade de sangue doada em um curto período.

“Quando a pessoa doa sangue, ela doa em torno de 400 ml, isso significa 10% do volume circulante, tendo feito isso a pessoa tem direito à 1 dia de repouso em casa para que tenha suas condições de saúde reestabelecida. Tem que se reidratar, tomar muito líquido e dentro de dois dias esse volume é reposto fisiologicamente no organismo. Não se tem evidência de que a pessoa que doar sangue tenha facilidade de adquirir o coronavírus”, informou o diretor do Hemopi.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web