Piauí

Heráclito diz que saída de Temer não é solução para a crise

O parlamentar alegou que o motor que acionou a atual crise do governo Temer foi o corporativismo estatal.
  • ISABELA DE MENESES
26/05/2017 11h47 - atualizado

Em pronunciamento na Câmara do Deputados, na última quarta-feira (24), o deputado Heráclito Fortes (PSB-PI), alegou que o motor que acionou a atual crise do governo Temer foi o corporativismo estatal, que está insatisfeito com a perda de privilégios que a reforma trabalhista pode trazer.

O parlamentar piauiense disse ainda que o fim da obrigatoriedade do imposto sindical causa incômodo ao corporativismo. Além de ressaltar que existe uma potencialização da crise. 

  • Foto: Facebook/Heráclito FortesDeputado Federal Heráclito Fortes (PSB-PI)Deputado Federal Heráclito Fortes (PSB-PI)

Heráclito acredita que a saída do presidente Michel Temer, não é a solução para a crise enfrentada no país. “Ai de quem pense que não estamos vivendo uma grave crise. Só que é preciso uma reflexão, porque ela está sendo potencializada dentro desta Casa e nós não estamos assumindo a responsabilidade desse momento”, declarou.

Mais na Web