Polícia

Homem é condenado por matar funcionário de pizzaria em Teresina

A decisão foi dada na última terça-feira (15), pelo juiz Washington Luiz Gonçalves Correia, da 8ª Vara Criminal de Teresina.
21/06/2021 09h43 - atualizado

Na última terça-feira (15), o juiz Washington Luiz Gonçalves Correia, da 8ª Vara Criminal de Teresina, condenou José Gomes a 20 anos de prisão pelo crime de latrocínio contra Antônio Evaldo, funcionário de uma pizzaria que foi morto em 2017 durante um assalto.

Segundo a denúncia do Ministério Público do Piauí (MPPI), no dia 06 de maio de 2017, nas proximidades do residencial Jacinta Andrade, com intuito de roubar uma motocicleta, José Gomes derrubou a vítima no chão, que estava como garupa, e resistiu ao roubo. O acusado então desferiu dois golpes de faca em Antônio Evaldo, em razão da luta corporal, o que resultou em sua morte.

De acordo com a decisão do juiz, o álibi apresentado em Juízo pelo acusado, de que estava ajudando a mãe a vender espetinho, mostrou-se incompatível com as provas constantes nos autos, principalmente, no que toca aos depoimentos das testemunhas de acusação.

José Gomes foi condenado então a 20 anos de reclusão, em regime fechado, e pagamento de 10 dias-multa, à razão de 1/30 (um trigésimo) do salário mínimo vigente à época dos fatos, devidamente atualizado. Ainda na decisão do juiz, foi negado ao condenado o direito de recorrer da sentença em liberdade.

Mais na Web