Polícia

Homens são presos na PI 112 em União com drogas e arma durante blitz

A informação a respeito do rapaz flagrado com a droga chegou através dos policiais de Miguel Alves.
  • ISABELA DE MENESES
11/05/2017 11h25 - atualizado

Na tarde da última quarta-feira (10), por volta das 13 horas, a Polícia de União prendeu dois homens, um por tráfico de drogas, outro  por porte ilegal de arma de fogo e encaminhou um terceiro, de nacionalidade colombiana, flagrado com uma grande quantidade de dinheiro. As apreensões foram realizadas na PI 112 na cidade de União.

Segundo informações do Capitão Luz, da 2º Companhia do 16º Batalhão de Polícia Militar de União, a informação a respeito do rapaz flagrado com a droga chegou através dos policiais de Miguel Alves. “Pela manhã nós recebemos a informação de que um indivíduo suspeito de tráfico naquela região teria vindo a Teresina comprar droga e iria retornar ou em um ônibus, ou, em uma van. Mediante as informações nós botamos uma barreira na PI, antes da entrada de União”, relatou.

Ainda segundo o Capitão, em uma das vans abordadas com destino a Miguel Alves, o suspeito de tráfico foi encontrado. “Ao fazer a abordagem encontramos a mochila nos pés de um passageiro, ao verificar se encontrou dois tabletes de maconha, que nós acreditamos que talvez dê uns dois quilos”.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarMaterial apreendido em Blitz em UniãoMaterial apreendido em blitz em União

Após o flagrante por tráfico, em outra abordagem a polícia parou uma motocicleta com dois homens que vinham de Miguel Alves e um deles estava portando uma arma. “Com eles foi encontrada uma arma de fogo, calibre 32, 06 munições intactas”, contou.

O Capitão Luz contou que na mesma barreira também passou um rapaz Colombiano. “Passou um indivíduo que é colombiano com uma certa quantia de dinheiro, segundo ele emprestaria a juros na cidade de União”.

Já o homem preso por tráfico e o outro por porte ilegal de arma foram encaminhados para à Central de Flagrantes de Teresina. O colombiano foi conduzido à Polícia federal, para que seja verificada a legalidade de sua estadia no Brasil.

Mais na Web