Piauí

Hospitais ampliam capacidade dos tanques de oxigênio em Teresina

De acordo com o superintendente da FMS, Gilberto Albuquerque, toda a rede municipal está abastecida de oxigênio.
29/04/2021 16h19 - atualizado

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) está ampliando a capacidade dos tanques de oxigênio nos Hospitais do Dirceu na zona sudeste e do Buenos Aires na zona norte de Teresina.

No último domingo (25), um novo tanque foi colocado no Hospital do bairro Buenos Aires com capacidade para 4.950 metros cúbicos de oxigênio, três vezes maior que o anterior e já está em operação.

  • Foto: DivulgaçãoHospitais da prefeitura ampliam capacidade dos tanques de oxigênioHospitais da prefeitura ampliam capacidade dos tanques de oxigênio

O Hospital do Dirceu já havia recebido um tanque maior, de 4950m³, pela empresa White Martins, no dia 28 de março. Esse novo tanque triplica a capacidade e autonomia do local para a internação de pacientes com Covid-19.

Conforme o superintendente da FMS, Gilberto Albuquerque, toda a rede municipal está abastecida de oxigênio: “Com esses tanques e os novos cilindros, pois essa semana a FMS recebeu como doação 30 cilindros de oxigênio, os hospitais podem atender mais pacientes com Covid. É um esforço da gestão para atender a população com mais tranquilidade”, diz.

O engenheiro clínico da FMS, Carlos Eduardo Silva Costa, ressalta que o novo tanque do hospital do Buenos Aires ainda vai receber limpeza e pintura para se adequar ao padrão da FMS e o do Hospital do Dirceu está recebendo um novo abrigo para esse equipamento.

Os hospitais HUT, dos bairros Promorar, Monte Castelo, Satélite, Buenos Aires, Santa Maria da Codipi, Dirceu, Maternidade do Dirceu e UPA Renascença já possuem tanques de oxigênio. Além do Parque Piauí, Primavera e do bairro Matadouro, que o serviço de oxigênio funciona com cilindros.

Mais na Web