Coronavírus no Piauí

Idosos recebem a 1ª dose da vacina contra Covid-19 em Teresina

A abertura oficial foi às 8h, no Centro Universitário Santo Agostinho, localizado no bairro São Pedro, zona Sul.
09/02/2021 10h45 - atualizado

Primeiro dia de vacinação contra Covid-19 nos idosos

Na manhã desta terça-feira (09), Teresina iniciou a vacinação contra a Covid-19, nos idosos a partir de 90 anos. A abertura oficial foi às 8h, no Centro Universitário Santo Agostinho, localizado no bairro São Pedro, zona Sul.

Na frente da faculdade foi montada uma estrutura com enfermeiros para a aplicação da vacina nos idosos que chegavam de carro, na modalidade drive-tru, onde ninguém precisou descer do carro. A vacina foi aplicada dentro do veículo.

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, esteve presente para acompanhar o primeiro dia da imunização do grupo, juntamente com o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Dr. Gilberto Albuquerque.

Durante a abertura, Dr. Gilberto falou da sensação que estava tendo, naquele momento de vacinação. Ele disse que o sentimento era de satisfação.

“Para nós que comandamos essa operação, o sentimento é de satisfação, porque estamos garantindo uma liberdade a essas pessoas, no momento em que elas se vacinam e esperam seus 30 dias para ter uma boa viragem sorológica, ficarão livres desse confinamento que elas já estão a muito tempo”, disse.

Sobre a modalidade drive-tru, em que as pessoas tem que se deslocar até os pontos de vacinação e aqueles que não tem transporte ou como pagar para chegar ao local, o presidente da FMS disse que, os agentes de saúde, já estão fazendo o agendamento dos acamados e desses que não tem como se locomover, para que uma equipe faça a vacinação na residência.

“Os agentes comunitários de saúde já estão fazendo o cadastro dos idosos que não tem como se locomover de sua casa, e a Fundação mandará a vacinação em casa”, afirmou.

Dr. Pessoa disse que se sentia bem com o avanço das vacinas. O gestor ressaltou que não tomou a vacina porque a prioridade é desse grupo acima de 90 anos e das pessoas que trabalham na área da saúde.

“Na minha primeira entrevista no início da vacinação, insinuaram que eu deveria tomar a vacina e eu disse não, embora eu tenha mais de 70 anos, diabete, mas só aqueles que estão na linha de frente cuidando das pessoas que são os médicos, enfermeiros, todos da área da saúde”, ressaltou.

Na frente da Santo Agostinho se formou uma fila de veículos, com idosos da faixa etária que está recebendo a vacina a partir de hoje. Os filhos que estão levando seus pais, aparecem com um sorriso nos olhos, no momento em que seus pais são vacinados.

Eurides Pereira da Costa, de 90 ano, chegou cedo para tomar a vacina, acompanhada da filha, Edna Brito de 65. As duas estavam ansiosas para esse momento. “Estou muito ansiosa, fiz 90 anos já”, disse a idosa.

A filha de Eurides disse que também está na expectativa para chegar sua vez, pois se preocupa em passar o vírus para a mãe, já que tem que sair de casa para o trabalho. “A expectativa é muito grande, estou muito ansiosa, porque moramos juntas e tenho que sair, então ficamos com medo de trazer esse vírus para ela, minha mãe que é mais idosa”, afirmou.

Outro idoso que estava recebendo a vacina, era o Manoel Ribeiro da Silva, de 97 anos, que estava na companhia do filho, Antônio Gomes de 65, que disse que a sensação era boa de ver o pai recebendo a primeira dose para se imunizar. “A sensação é muito boa, meu pai tem 97 anos. A expectativa também está sendo grande para mim que tenho 65, logo chegará minha vez”, disse.

Mais na Web