Polícia

Internos do CEM fazem rebelião com refém na zona Norte de Teresina

Segundo as primeiras informações, a rebelião começou no início da tarde desta quinta-feira (27), na capital.
27/08/2020 13h45 - atualizado

Na tarde desta quinta-feira (27), internos do Centro de Educacional Masculino (CEM), no bairro Memorare, localizado na zona Norte de Teresina, iniciaram um motim e fizeram um educador refém.

Segundo as primeiras informações, cerca de cinco internos que seriam maiores de idade teriam ateado fogo em colchões.  Equipes do Corpo de Bombeiros e do Bope estiveram no local.

  • Foto: Kelvyn Coutinho/ ViagoraRebelião no CEMRebelião no CEM

Durante o motim, os internos teriam solicitado a presença de um representante da Comissão de Direitos Humanos da OAB-PI e de uma juíza.

Conforme o advogado Adonis Araújo, os internos denunciam maus-tratos dentro da unidade. Após três  horas do início do motim, os internos foram contidos e liberaram o socioeducador que estava sendo mantido como refém.

Mais na Web