Piauí

"Inthegra promove a desintegração do transporte", diz Dudu

De acordo com o vereador, o prefeito Firmino Filho (PSDB) está assumindo que não tem a capacidade de gerenciar o sistema.
  • DA REDAÇÃO
29/08/2019 11h00

Diante das constantes reclamações sobre a péssima qualidade do sistema de integração, o vereador Dudu (PT) apresentou um requerimento na Câmara de Vereadores em que solicita informações ao Setut e a Strans em relação ao valor que foi pago pela Prefeitura de subsídio da passagem entre os anos de 2017 e 2019.

O vereador petista também requer o quanto ainda falta ser pago e o cronograma de pagamento dos valores.       

De acordo com Dudu, o atual sistema só veio para promover uma verdadeira desintegração do transporte. “Estamos falando de uma possível concessão dos terminais, ou seja, a Prefeitura está entregando ao setor privado a integração que em nada melhorou os serviços. O prefeito Firmino Filho (PSDB) está assumindo que não tem a capacidade de gerenciar o sistema Inthegra. Vou propor também a realização de uma PPP para melhorar o gabinete do próprio prefeito, porque se tudo que não funciona em Teresina for repassado para a iniciativa privada vamos ter que começar logo pela prefeitura que presta péssimos serviços aos teresinenses”, declarou o parlamentar.  

Após proposição do vereador Dudu, a Câmara realizará audiência pública em um dos terminais de integração para discutir o atual sistema oferecido aos usuários. Na oportunidade, serão convidados representantes dos órgãos da prefeitura e sociedade em geral. Durante a sessão, o requerimento de autoria do vereador Dudu acabou sendo rejeitado pelos parlamentares.      

“Apresentei o requerimento para que a gente possa ter informações detalhadas e assim discutir essa “entregação” que a prefeitura quer fazer. O transporte público continua o mais caro e o pior possível, sem promover nenhuma integração. Precisamos discutir com o povo os valores que estão sendo gastos e como está sendo gasto. Infelizmente a base do prefeito não gosta de promover a transparência das ações, sobretudo qual envolve a relação Setut e prefeitura. Não sei porque recusar as informações, mas vamos continuar trabalhando para que possamos ter acesso a esses números”, afirmou o vereador Dudu. 

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web