Política

Iracema Portella gastou R$ 412 mil de cota parlamentar em 2019

A deputada é a 5ª que mais gastou da cota parlamentar no ano de 2019 da bancada piauiense na Câmara.
03/02/2020 12h30 - atualizado

Nesta segunda-feira, 3 de fevereiro, iniciam as atividades parlamentares do ano de 2020 na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. Para o custeio dessas atividades, cada deputado e senador tem direito à chamada cota parlamentar, que varia de estado para estado, levando em conta a distância da unidade federativa que o parlamentar representa até Brasília.

Dentre as despesas que podem ser pagas com a cota estão passagens aéreas e serviços de telefonia, correio, manutenção de escritórios de apoio, alimentação, hospedagem (exceto do parlamentar no Distrito Federal), locomoção, segurança, consultorias, divulgação, participação em eventos como palestras e complementação do auxílio-moradia (com um limite).

Em 2019, os deputados da bancada piauiense gastaram o valor total de R$ 3.852.298,24 (três milhões, oitocentos e cinquenta e dois mil, duzentos e noventa e oito reais e vinte e quatro centavos) referentes à cota parlamentar.

  • Foto: Facebook/Iracema PortellaDeputada federal Iracema PortellaDeputada Iracema Portella (Progressistas)

A deputada federal Iracema Portella (Progressistas) gastou o total de R$ 412.634,17 (quatrocentos e doze mil, seiscentos e trinta e quatro reais e dezessete centavos) de cota parlamentar, ficando em 5º lugar dos deputados piauienses que mais gastaram.

Entre os gastos da parlamentar, R$ 81.400,00 foram referentes à divulgação de suas atividades, representando 19,72% do valor total de gastos.

A verba gasta pela deputada apenas com divulgação é mais do que o dobro do salário de um deputado federal, fixado em R$ 33.763,00, totalizando um valor de R$ 47.637,00 maior que o rendimento mensal da parlamentar.

Mais na Web