Piauí

Iracema Portella pede punição para feminicídio de Camilla Abreu

O namorado de Camilla, Capitão Allison Watsson, confessou ter cometido o feminicídio contra a namorada.
  • ISABELA DE MENESES
03/11/2017 11h10 - atualizado

A deputada federal Iracema Portella (PP-PI) demonstrou indignação a respeito do assassinato da jovem estudante de 21 anos, moradora de Teresina, Camilla Abreu. A parlamentar publicou, ontem (02), nas redes sociais um texto cobrando punição ao culpado.

O namorado de Camilla, Capitão Allisson Watsson, confessou ter cometido o feminicídio contra a namorada, dentro do próprio veículo. No momento o militar está preso. O corpo da jovem foi velado e enterrado na última quarta-feira (01).

  • Foto: InstagramIracema lamenta morte de Camilla AbreuIracema lamenta morte de Camilla Abreu

Iracema Portella além de lamentar a morte de Camilla, também lembrou o caso de Iarla Lima, em junho deste ano. A jovem também foi morta pelo namorado, que fazia parte do Exército Brasileiro.

“Em memória da Camilla, da Iarla, da Josimeire, da Solange e de tantas outras, vamos cobrar punição para os assassinos, vamos denunciar, vamos alertar nossas amigas, filhas e irmãs a respeito de relacionamentos abusivos. Indignada com mais essa tragédia!”, diz a deputada.

Mais na Web