Política

Jeová Alencar diz que CPI ajudará resolver problema do transporte

Para o presidente da Câmara de Teresina, após a conclusão dos relatórios da CPI, Dr. Pessoa terá subsídios suficientes para resolver os problemas no transporte público.
21/07/2021 06h34 - atualizado

O presidente da Câmara Municipal de Teresina, o vereador Jeová Alencar (MDB), falou ao Viagora sobre o andamento da Comissão Parlamentar de Inquérito, a CPI do Transporte Público de Teresina, destacando que os resultados presentes nos relatórios irão dar um direcionamento para que prefeito Dr. Pessoa (MDB) resolva o problema.

Em maio deste ano a Câmara instaurou uma CPI para investigar possíveis irregularidades no transporte público da capital, que enfrenta problemas desde o início da pandemia. Para o vereador Jeová, após a conclusão dos relatórios, Dr. Pessoa terá subsídios suficientes para resolver o problema.

  • Foto: Luis Marcos/ViagoraJeová Alencar (MDB)Vereador Jeová Alencar (MDB)

“A gente sabe dos problemas que a cidade enfrenta. Eu moro na zona Sul e sei a dificuldade da zona Leste, da zona Sudeste, de todos os lugares, mas pode ter certeza que com esse direcionamento da CPI, Dr. Pessoa terá subsídios suficientes para mudar logo a cada desse sistema de transporte público de Teresina, que diga-se de passagem, é um dos piores sistemas do país com as passagens mais caras também. Então, é preciso que nós possamos fazer algo e fazer de forma rápida. Infelizmente nós não temos varinha mágica, mas pode ter certeza que acredito que até o final desse mês já se possa ter pelo menos um direcionamento de mudanças”, comentou o vereador.

Apesar de ouvir empresários e trabalhadores do transporte, gestores e ex-gestores da Strans e da Procuradoria Geral do Município, Jeová Alencar destaca que a CPI não vai resolver o problema, ela apenas dará o direcionamento e que as decisões serão tomadas pelo prefeito da cidade.

“A CPI, não é ela que vai mudar, não temos esse poder. Nós iremos fazer o relatório e entregar ao prefeito, o prefeito diante desse relatório tomará sua decisão, e pode ter certeza que será pra resolver essa decisão”, finaliza o de vereador.

Mais na Web