Política

João de Deus diz que PT quer candidatura única para vaga do TCE

De acordo com o deputado, o PT está conversando para lançar apenas um nome dentro dos quadros do partido para pleitear a vaga.
30/06/2021 17h45

O deputado João de Deus (PT) falou ao Viagora sobre a disputa pela vaga de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI), que será indicação da Assembleia Legislativa (Alepi), e afirma que a ideia do PT é escolher apenas um nome do partido para disputar a vaga.

Segundo o parlamentar, os deputados estão aguardando o processo ser configurado para que a Alepi publique o calendário para a realização das inscrições dos nomes dos candidatos, dos debates e da votação para a escolha.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraDeputado João de Deus ( PT )Deputado João de Deus (PT)

“Nós estamos esperando o processo ser configurado, com um comunicado do TCE, a partir daí a Assembleia vai publicar o calendário de debate, discussão, inscrição dos candidatos, depois eles passam por uma avaliação jurídica, para saber quem se encaixa nas normais legais, e partir daí é feito o registro e a votação secreta aqui na Casa. Eu acho que todos os companheiros que estão aí se apresentando tem competência, tem qualidade técnica para estar lá naquela casa, e eu espero que a gente escolha o que há de melhor para fiscalizar os recursos públicos”, comenta o deputado.

Alguns nomes do Partido dos Trabalhadores já mostram interesse em pleitear a vaga ocupada pelo conselheiro Luciano Nunes, como a deputada Flora Izabel, Ziza Carvalho e o deputado Franzé Silva.

De acordo com João de Deus, o PT está conversando para lançar apenas um nome dentro dos quadros do partido.

“A ideia nossa é ter uma candidatura única que venha dentro dos quadros do partido. Estamos conversando entre nós e acredito que a gente vai chegar nesse denominador comum”, explica o deputado.

Além dos nomes que fazem parte do PT, deputados como Zé Santana do MDB e o deputado Wilson Brandão, do Progressistas, também mostraram interesse em disputar a vaga de conselheiro na Corte de Contas.

Mais na Web