Piauí

Jornalista é agredido na presença de Fábio Abreu em Alto Longá

O ex-prefeito da cidade, Fábio Teté, é acusado de iniciar as agressões, que aconteceram na presença do secretário de segurança.
  • ISABELA DE MENESES
10/07/2017 12h09 - atualizado

O jornalista Ademar do Nascimento foi agredido durante a inauguração de uma obra de asfaltamento no povoado Invejada dos Cardosos, município de Alto Longá, no último sábado (08). O ex-prefeito da cidade, Fábio Teté, é acusado de iniciar as agressões, que aconteceram na presença do secretário de Segurança, Fábio Abreu, convidado do evento.

Segundo o jornalista Ademar do Nascimento, a obra inaugurada é de responsabilidade do Governo do Estado, da Secretaria de Cidades, e ele foi convidado para ser cerimonialista do evento. O secretario Fábio Xavier também estava presente junto com Fábio Abreu.

  • Foto: Facebook/ Ademar SousaJornalista e radialista Ademar SousaJornalista e radialista Ademar Sousa

Ademar disse em entrevista ao Viagora,  que parabenizou o povoado pela inauguração da obra inédita e nesse momento um vereador do Partido dos Trabalhadores (PT)  pediu para subir ao palco. “Subiu e disse, 'eu quero falar', eu disse que não era interessante falar, 'não vamos transformar isso aqui em um palanque'. Com muita insistência eu entreguei o microfone para ele, mas parece que ele queria tumultuar”.

O jornalista ainda completou explicando como começaram as agressões. “Aí ele disse 'eu quero chamar para subir aqui nesse palanque o ex-prefeito Flávio do Teté e o atual prefeito Henrique César'. Aí eu disse, rapaz tu não me pediu para falar e já está chamando os outros, tu vai criar um problema, não vou deixar falar não. Nesse momento o ex-prefeito já estava em cima do palco e quando eu recuei para não entregar o microfone, ele deu um murro na minha cara”.

Assim começou a confusão e as agressões que deixaram o rosto do jornalista machucado e de acordo com ele, as pessoas que interviram para defende-lo foram seu irmão e primo que estavam presente. No momento outras pessoas subiram no palco para colaborar com as agressões. Segundo Ademar, o secretário e capitão da PM, Fábio Abreu, estava em frente ao palco e presenciou o que estava acontecendo, junto com Fábio Xavier.

O jornalista informou que um delegado foi designado pelo secretário Fábio Abreu para abrir um inquérito civil sobre o caso e que a delegacia de Altos estava fechada na manhã de ontem (09), quando ele foi registrar o boletim de ocorrência, mas que hoje (10), estava indo ao Instituo Médico Legal para fazer exame de corpo e delito.

Outro lado

O Viagora tentou entrar em contato com o secretário de segurança Fábio Abreu, na manhã desta segunda-feira (10), mas as ligações não foram atendidas. O espaço permanece aberto para esclarecimentos do secretário. 

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web