Piauí

Juiz condena acusado de matar empresário Leandro César a 20 anos de prisão

Sanatiel Abreu Rocha, conhecido como “Pequeno”, foi condenado a 20 anos de prisão em regime fechado pelo crime de latrocínio contra o empresário Leandro César.
25/03/2021 10h15 - atualizado

O juiz Washington Luiz Gonçalves Correia, da 8ª Vara Criminal da Comarca de Teresina, condenou Sanatiel Abreu Rocha, conhecido como “Pequeno”, a 20 anos de prisão em regime fechado pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte, contra o empresário Leandro César Sousa Gonçalves.

O julgamento ocorreu no dia 15 de março. Na mesma sentença que condenou Sanatiel, a sua irmã, Iasmin Abreu Rocha, denunciada pelo mesmo crime, foi absolvida.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) apontou Sanatiel como autor dos disparos que atingiram o empresário. Ele estaria como passageiro na motocicleta que abordou Leandro César no momento do crime.

Na sentença, o juiz destacou que não ficou constatada a participação de Iasmin no crime, pois não existe nada de substancial nos autos que mostrem de forma inequívoca que a referida acusada tenha participado da ação delituosa.

Com relação a Sanatiel, o magistrado entendeu que a autoria quanto ao crime de roubo qualificado pelo resultado morte, praticado pelo acusado, acompanhado do já condenado Francisco das Chagas de Oliveira Filho, ficou confirmada, “uma vez que além de ser um dos autores intelectuais, participou efetivamente da execução do crime sob julgamento, abordando a referida vítima e efetuando dois disparos de arma de fogo contra a mesma, atingindo-a e causando a sua morte”.

A sentença condenou Sanatiel a 20 anos de reclusão e pagamento de 10 dias-multa no valor de 1/30 do salário mínimo vigente à época dos fatos. A pena deverá ser cumprida na Penitenciária Regional Irmão Guido ou em estabelecimento prisional similar e adequado em Teresina.

O magistrado ainda negou ao réu o direito de recorrer da sentença em liberdade e manteve a prisão preventiva para garantir a aplicação da lei penal.

Sobre o caso

No dia 20 de fevereiro de 2017, o proprietário do depósito LM Bebidas e Gás, Leandro César, foi assassinado a tiros após reagir a uma tentativa de assalto.

A vítima estava vindo da cidade de Demerval Lobão com mais de R$ 20 mil dentro do seu veículo, quando foi abordada por uma dupla que estava em uma motocicleta na Rua 4 do bairro Lourival Parente, zona Sul de Teresina.

Leandro reagiu ao assalto colidindo o carro contra a motocicleta. Um dos assaltantes caiu e o outro atirou contra o empresário, que foi atingido por dois tiros na cabeça, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Mais na Web