Piauí

Juiz instaura procedimento sobre rebelião na Major César

Esse procedimento visa acompanhar os fatos, causas e medidas adotadas pela Secretaria Estadual de Justiça (Sejus).
  • DA REDAÇÃO
04/07/2019 10h20 - atualizado

O juiz titular da Vara de Execuções Penais da comarca de Teresina, magistrado José Vidal de Freitas Filho, instaurou um procedimento de acompanhamento e investigação do caso da rebelião na penitenciária Major César.

Esse procedimento visa acompanhar os fatos, causas e medidas adotadas pela Diretoria da Unidade de Administração Penitenciária (Duap) da Secretaria Estadual de Justiça (Sejus). A rebelião na Colônia Agrícola Major César, localizada no município de Altos, ocorreu na tarde dessa terça-feira (02) e de acordo com a Sejus 57 internos permanecem foragidos.

O magistrado realizou uma vista à penitenciária na manhã dessa quarta-feira (03) e determinou o início do procedimento, por meio da Portaria 4/2019, deixando de responsabilidade da Sejus comunicar os fatos à justiça de Altos para as providências quanto aos eventuais crimes.

Na ocasião, o juiz desmentiu ainda as especulações de que mais de 200 internos estariam soltos desde a rebelião. “Os números de detidos que fugiram do presídio está abaixo do que se chegou a especular. Fugiram 60 presos, mas muitos já se reapresentaram à justiça. Aqui mesmo na VEP há sete se reapresentando”, esclarece o juiz.

Mais na Web