Piauí

Julgamento dos acusados de matar Izadora Mourão acontece nesta quarta

A advogada Izadora Mourão foi morta a facadas dentro de casa em fevereiro deste ano, na cidade de Pedro II.
23/06/2021 08h35 - atualizado

Nesta quarta-feira (23), na 2ª Vara da Comarca de Pedro II acontecerá a audiência de instrução e julgamento do jornalista João Paulo Santos Mourão e da mãe, Maria Nerci dos Santos Mourão, acusados do homicídio triplamente qualificado, praticado contra a advogada Izadora Santos Mourão, que foi assassinada dentro de casa em fevereiro deste ano.

O juiz Diego Ricardo Melo de Almeida marcou a audiência para ocorrer às 9h da manhã de hoje. Na oportunidade, testemunhas, tanto de acusação e de defesa, além dos acusados serão ouvidos perante à Justiça.

  • Foto: DivulgaçãoMaria Nerci, mãe de João Paulo, suspeito de matar a irmã, Izadora Mourão.Maria Nerci, mãe de João Paulo, suspeito de matar a irmã, Izadora Mourão.

O crime foi investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e apontou que o irmão da vítima, João Paulo e sua mãe, Maria Nerci, foram os responsáveis pelo homicídio contra Izadora.

Prisão da mãe

O juiz Diego Ricardo Melo de Almeida concedeu prisão domiciliar a Maria Nerci dos Santos Mourão no dia 10 de março deste ano.

O pedido foi feito pelo Ministério Público do Piauí (MPPI), que considerou a idade de Maria Nerci e o fato dela ser a única responsável pelos cuidados de seu outro filho que é incapaz.

De acordo com a decisão do juiz, com a prisão domiciliar, a ré segue proibida de manter qualquer contato com as testemunhas apontadas na denúncia, de sair de sua residência no período noturno, a partir das 18h até as 6h do dia seguinte. As saídas extras ao horário estabelecido só foram possíveis para situação de tratamento médico realizados na cidade para si ou seu filho.

  • Foto: DivulgaçãoAdvogada Izadora Santos MourãoAdvogada Izadora Santos Mourão

Prisão do irmão

No dia 15 de fevereiro, o irmão de Izadora, o jornalista João Paulo Mourão foi preso sob a acusação de matar a advogada a facadas.

Izadora Santos Mourão de 41 anos, foi assassinada com pelo menos sete facadas dentro de casa no dia 13 de fevereiro na cidade de Pedro II.

Mais na Web