Política

Júlio Arcoverde decidirá futuro do Progressistas em reunião com Wellington

O deputado afirmou que vai se reunir com o petista nesta tarde e que a decisão de sair ou não da base governista vai depender do diálogo com o governador.
06/08/2020 15h17 - atualizado

Nos últimos dias, tem acontecido uma turbulência no meio político piauiense. O governador Wellington Dias (PT) divulgou um vídeo em suas redes sociais onde afirma que o Progressistas, partido comandado pelo senador Ciro Nogueira, rompeu com a administração estadual e decidiu integrar a oposição ao Governo do Estado.

Ciro também utilizou as redes sociais para comentar sobre o assunto. Em vídeo gravado pelo senador, ele afirma que recebeu Wellington e o senador Marcelo Castro (MDB) em seu apartamento em Brasília, mas que não teria afirmado que o Progressistas faria oposição ao PT no Piauí, enfatizando ainda que o momento seria de união.

O presidente do diretório estadual do Progressistas, deputado Júlio Arcoverde, comentou em entrevista ao Viagora que a decisão de sair ou não da base governista vai depender de uma conversa que ele terá nesta tarde com o governador Wellington Dias.

  • Foto: Ascom/AlepiDeputado Júlio Arcoverde (Progressistas).Deputado Júlio Arcoverde (Progressistas).

“Nós fizemos uma reunião dos deputados estaduais para afirmar o compromisso partidário. Agora nós vamos esperar uma audiência que vou ter com o governador às 16h, para tomar uma decisão enquanto partido”, declarou.

Questionado se caso o partido confirmar a decisão de deixar a base governista haverá a entrega dos cargos ocupados por indicação do Progressistas na administração estadual, o presidente afirmou que os deputados vão esperar as definições da reunião.

“A gente vai ter um entendimento com o governador, vamos primeiro ouvir o que ele tem para dizer. Nós vamos deixar para dar qualquer opinião depois dele dizer por que tomou essa atitude. Os deputados pediram para só haver esse posicionamento depois da reunião”, finalizou.

Mais na Web