Piauí

Justiça marca audiência do 2º acusado de matar radiologista em Teresina

O crime ocorreu no dia 11 de dezembro de 2019 na região da Taboca do Pau Ferrado, zona Rural de Teresina. O radiologista de 26 anos foi encontrado morto.
25/12/2020 12h07 - atualizado

Foi marcada para o dia 28 de janeiro, pela 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri da Comarca de Teresina, a audiência de instrução de julgamento de Juniel Sousa Silva, acusado de matar o radiologista do Hospital Getúlio Vargas (HGV), Kleiton Ângelo Guedes Assunção Martins, de 26 anos.

O outro acusado de assassinar o radiologista, Antônio Paulo de Oliveira, havia passado por uma audiência em sessão por videoconferência no último dia 17 de dezembro. A partir de agora, o Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) irá decidir se os dois acusados da morte de Kleiton Ângelo serão julgados no Júri Popular.

  • Foto: Arquivo pessoalRadiologista Kleiton ÂngeloRadiologista Kleiton Ângelo

Na denúncia, consta que o crime teria sido motivado por uma dívida no valor de R$ 6 mil. Kleiton Ângelo teria contratado os acusados para assassinar uma pessoa. O crime ocorreu no dia 11 de dezembro de 2019 na região da Taboca do Pau Ferrado, zona Rural de Teresina.

Segundo o processo, o radiologista de 26 anos teria sido atraído pelos acusados até o local e foi encontrado morto por moradores da região após ouvirem alguns disparos por volta das 01h.

Mais na Web