Coronavírus no Piauí

Lacen Piauí já realizou 89 mil testes para detectar o coronavírus

Na unidade são realizados os testes de RT-PCR, que tem como objetivo diagnosticar a doença por meio da detecção do material genético, do coronavírus, na amostra examinada.
  • VIVIANE ROCHA
18/11/2020 07h43 - atualizado

Desde março de 2020, já foram realizados 89 mil testes, no Piauí, para detectar o novo coronavírus, feitos pelo Laboratório Central de Saúde Pública Dr. Costa Alvarenga (Lacen- PI), vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi).

Na unidade são realizados os testes de RT-PCR, que tem como objetivo diagnosticar a doença por meio da detecção do material genético, da Covid-19, na amostra examinada.

A diretora do Lacen-PI, Waterlene de Carvalho, explica que a análise de biologia molecular é considerada padrão ouro por identificar a presença do SARS-CoV-2, vírus causador da Covid-19, em amostras de secreções das vias respiratórias de casos suspeitos. Assim que chegam, essas amostras passam por diferentes estágios de preparação e extração do material genético das moléculas (RNA) até chegar a etapa final do processo.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, diz que desde o começo da pandemia o laboratório vem desempenhando um papel fundamental no diagnóstico da doença, o que ajuda no tratamento precoce da doença.

De acordo com a diretora, a capacidade do Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí é de mil exames por dia, o que possibilita a entrega dos resultados em até 48 horas.

Mais na Web