Política

Limma acha estranho o PL continuar na base com Bolsonaro na sigla

O deputado estadual declarou que não sabe se o PL continuará com o governador Wellington Dias.
01/11/2021 08h25 - atualizado

O presidente do PT no Piauí, o deputado estadual Francisco Limma, declarou que seria estranho o PL continuar na base do governo, caso o presidente da república, Jair Bolsonaro (sem partido), se filie à sigla.

O parlamentar diz que não sabe se o PL continuará na base, mas que tem ouvido que alguns membros da sigla continuarão junto com Wellington Dias.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraDeputado Francisco LimmaDeputado Francisco Limma

“Eu não sei se o PL vai continuar. O que eu tenho escutado dos colegas é que membros do PL continuarão na base do governo, no próprio PL ou em outro partido”, disse.

Segundo Francisco Limma, seria estranho ter na base um partido com um integrante que é um opositor do projeto do PT, como o presidente Bolsonaro, mas que isso é uma questão que o PL deve resolver junto com o governador Wellington Dias.

“Acho que ficaria meio estranho, você ter aqui no Piauí uma candidatura do PT, que teria como integrante da sua base um partido com o principal opositor da candidatura do Partido dos Trabalhadores. Mas eu acho que essa é uma questão que o PL tem que resolver junto com o governador, mas que fica estranho fica”, declarou.

Mais na Web