Coronavírus no Piauí

Lineu Araújo passa a atender pessoas com sequelas da Covid-19

Para receber atendimento, as pessoas que ficaram com alguma sequela, podem se dirigir às 68 Unidades Básicas de Saúde (UBS).
  • VIVIANE ROCHA
23/11/2020 17h36 - atualizado

O novo ambulatório criado pela Prefeitura de Teresina para atender pessoas que ficaram com sequelas da Covid-19 iniciou o atendimento à população nesta segunda-feira (23).

O serviço passa a funcionar em dias úteis, nos turnos manhã e tarde, no Centro de Saúde Lineu Araújo. De acordo com o ambulatório, há ofertas de consultas e exames nas áreas de cardiologia, nefrologia, neurologia, pneumologia, fisioterapia, nutrição e psicologia, consideradas especialidades que contribuem para a completa recuperação do indivíduo.

Segundo a médica pneumologista do Centro de Operações em Emergências (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Tatiana Nunes o ambulatório promove melhor qualidade de vida para quem sofre com as sequelas da Covid-19.

O médico infectologista e coordenador médico do COE da FMS, Walfrido Salmito, explica que a Covid-19 pode trazer sequelas a curto, médio e longo prazos. E que é uma doença nova, que ainda é alvo de estudos científicos pelo mundo, mas sabe-se que a lista de consequências dessa infecção é extensa e pode comprometer o funcionamento de diversos órgãos.

Para receber atendimento no ambulatório, os pacientes que ficaram com alguma sequela, podem se dirigir às 68 Unidades Básicas de Saúde (UBS). Onde são avaliados por médicos nesses locais e, se houver necessidade, são encaminhados. Já os que estão internados nos Hospitais da Prefeitura, com a doença, no momento da alta, podem também ser direcionados ao Centro de Saúde Lineu Araújo.

Mais na Web