Piauí

Lojistas de Teresina esperam grande volume de vendas após reabertura

A partir desta segunda-feira, 3 de agosto, está permitido o funcionamento de centros comerciais e shopping centers na capital.
03/08/2020 15h40 - atualizado

Nesta segunda-feira, 3 de agosto, foi iniciada a segunda etapa da Fase 2 da retomada da economia em Teresina, com a reabertura de centros comerciais, shoppings, indústria extrativa, indústria de transformação, atividades imobiliárias, atividades profissionais, científicas e técnicas.

Na manhã de hoje, a movimentação nas lojas do Centro da capital piauiense estava bastante intensa.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraReabertura de lojas no centro da cidadeReabertura de lojas no Centro de Teresina.

A atendente Fernanda Mendes trabalha em uma loja de roupas na Rua Barroso e comentou, em entrevista ao Viagora, que a expectativa é que haja um grande movimento nas vendas.

“Aqui está bem movimentado e a expectativa é grande para aumentar muito as vendas. Nós tivemos prejuízo nos últimos meses, porque mesmo que estivéssemos vendendo por delivery, o volume de vendas não era tanto como a gente tem com a loja aberta. Mesmo assim a gente vendeu bem e é um novo meio que vamos manter, as vendas online”, relatou.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraReabertura de lojas no centro da cidadeCom a reabertura de centros comerciais, a movimentação nas ruas do Centro estavam intensas.

Para Letícia Mesquita, que também é atendente em uma loja de roupas, as vendas por delivery deram resultados acima do esperado.

“As vendas foram boas. Apesar de ninguém vir na loja, mas a gente faz entrega e os pedidos aumentaram bastante. Comparando com esse primeiro dia [depois da reabertura], as vendas online estavam um pouco melhores. Nós vamos continuar com a venda online, mas eu acho que vai diminuir com as pessoas podendo vir na loja”, disse.

  • Foto: Luis Marcos/ ViagoraReabertura de lojas no centro da cidadeLojistas do Centro afirmam ter expectativa de grandes vendas com a reabertura.

O presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado do Piauí (Sindilojas-PI), Tertulino Passos, comentou que os empresários esperam recuperar os prejuízos que tiveram com os cinco meses das atividades comerciais suspensas.

“Estamos com uma expectativa boa, principalmente porque todos nós estávamos esperando pela reabertura. Sabemos que não vai ser fácil, mas já é um grande avanço. A maioria das lojas teve uma perda de 90% das vendas. O prejuízo que tivemos pode ser reduzido com a reabertura, mas ainda vai demorar um pouco”, declarou.

Mais na Web