Piauí

Lojistas reclamam de queda nas vendas no Shopping da Cidade de Teresina

Para a maioria dos vendedores, o movimento é razoável e as vendas são poucas, mas dá para manter a loja, porém não tem muitos lucros, se comparado a antes da pandemia da Covid-19.
03/02/2021 07h41 - atualizado

Lojistas do Shopping da Cidade reclamam de baixa nas vendas, desde que iniciou o ano de 2021. De acordo com os permissionários do local, tudo está funcionando em horário comercial, como antes da pandemia.

Para a maioria dos vendedores, o movimento é razoável e as vendas são poucas. Segundo eles, dá para manter a loja, porém não tem muitos lucros, se comparado a antes da pandemia da Covid-19. Percebe-se que os clientes tem se afastado, por medo do vírus ou também por crise financeira, ocasionada pela situação atual em Teresina.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraProdutos alimentícios, shopping da CidadeProdutos alimentícios, shopping da Cidade

Com a atualização do Decreto divulgado pelo prefeito Dr. Pessoa, as lojas do centro da capital piauiense, podem funcionar por até 9 horas ao dia. Seguindo todos os protocolos e medidas de segurança para evitar a disseminação do coronavírus. A maioria dos permissionários do Shopping, abrem suas lojas.

Em entrevista ao Viagora, a lojista Andressa Suellen, que trabalha com um loja de confecções, disse que as vendas não estão muito bem, e que percebe que o movimento em todo o Shopping, é pouco em alguns dias, mas com grandes aglomerações em outros.

“Assim comparado a antes não está muito bom, tem dias que está fraco, é relativo. Pelo que eu percebo tem dias que o movimento aqui, pelos corredores é intenso, mas tem dias que não. É relativo, não teríamos como definir qual dia tem mais gente aqui dentro (Shopping da Cidade)”, disse a lojista.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraAndressa suellemAndressa suellen

Outro permissionário do local, que trabalha com equipamentos eletrônicos, Afonso Soares, também reclama da queda nas vendas e falta de clientes. De acordo com ele, mesmo na pandemia, teve um aumento nas vendas após o pico da doença, no ano passado, porém neste início de ano, o movimento em seu box é fraco.

“As vendas aqui estão razoáveis, acho que só no meio da pandemia, quando ouve uma queda nos casos de Covid-19, que teve um aumento, mas agora caiu novamente”, afirmou.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraAfonso, dono de loja eletrônicaAfonso, dono de loja eletrônica

Afonso ressaltou ainda que, em sua loja, faz o uso da máscara o tempo todo, assim como seu outro funcionário, o balcão é higienizado sempre e é disponibilizado álcool em gel para clientes. Com isso ele tende a enfatizar que segue os protocolos da Vigilância Sanitária, para evitar a disseminação do vírus.

“O tempo todo usamos máscara, nosso balcão foca sempre higienizado, oferecemos álcool em gel para a proteção dos clientes, sempre cumprindo com as medidas sanitárias”, ressaltou.

Maria do Amparo, permissionária que vende produtos alimentícios no térreo, afirmou que suas vendas continuam poucas e que o movimento é moderado durante toda a semana.

“As vendas aqui ainda estão muito poucas ainda, o movimento de pessoas que passa aqui é moderado, têm dia que passa muita gente, mas outros já são poucas, é assim”, afirmou.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraMaria do AmparoMaria do Amparo

 Já a vendedora Deidiane da Costa disse, que para ela, as vendas estão melhorando aos poucos e, segundo ela, o movimento do Shopping tem aumentado.

“As vendas para mim, estão melhorando aos poucos. Pelo que eu percebo o fluxo de pessoas aqui (Shopping da Cidade), está aumentando aos poucos”, disse.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraDeidiane da CostaDeidiane da Costa

O Shopping da Cidade, um dos principais centros populares de compras de Teresina, fica localizado no Centro da capital piauiense, está funcionando em horário comercial, todos os dias, conforme o definido no Decreto.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraShopping da CidadeShopping da Cidade

Mais na Web