Política

Luciano Nunes critica política de segurança do governo do estado

O ex-deputado estadual falou sobre o aumento de homicídios e da violência nos últimos meses no Piauí.
19/05/2021 13h41 - atualizado

O ex-deputado e presidente estadual do PSDB, Luciano Nunes, falou durante entrevista ao Viagora sobre a segurança pública no Piauí e o aumento da violência nos últimos meses na capital e no estado.

De acordo com o tucano, o governo estadual não tem investido em ações para solucionar os problemas de segurança, e apenas a política vem sendo motivo de discursão.

“Infelizmente o que a gente vê na segurança, é um resultado de um governo que se preocupa só com política, você não vê nenhuma ação do governo direcionada pra resolver os problemas do estado. É um governo que administra apenas a política, a sucessão para 2022”, destacou.

  • Foto: AscomLuciano Nunes, presidente do diretório estadual do PSDB.Luciano Nunes (PSDB)

O ex-deputado afirmou também que o governo não tem preocupação com a gestão, e vem seguindo práticas, as quais julgou como, “nefastas”.

“O governador continua com as mesmas práticas nefastas, dividindo secretarias e distribuindo cargos com aliados políticos, afim de garantir a permanência do seu grupo político e do seu partido no poder. Então o que a gente vê na segurança pública é o resultado disso, é de um governo que não tem preocupação com a gestão”, frisou.

Para ele, o crime vem tomando de conta do estado, pois medidas como concursos, investimentos em inteligência, além do descuido com os serviços públicos são problemas que não estão sendo resolvidos.

“Nós temos o sucateamento da máquina pública, as delegacias caindo aos pedaços e nós não temos quadro de pessoal suficiente, há muito tempo que não se faz concurso, que não nomeia servidores, não se investe em inteligência e enquanto isso o crime vai tomando de conta. Então hoje o pai de família, o cidadão de bem tem que viver trancafiado dentro de casa e rezando a Deus para que um mal maior não lhe aconteça”, destacou.

Vacinação contra Covid-19

Questionado sobre a situação da pandemia da covid-19 no estado, Luciano acredita que o Governo do Piauí não vem fazendo um bom aproveitamento dos recursos destinados a saúde, e segundo ele, tem deixado a desejar.

“O governador também deixa a desejar na gestão da pandemia. Primeiro que existe uma série de denúncias, inquéritos inclusive, que apontam desvios de recursos para a área da saúde na época da pandemia, e isso é muito ruim porque no momento que as pessoas estão perdendo vidas, a gente vê os recursos públicos sendo desviados. Então o governador sequer fez o seu dever de casa, que é aplicar bem o recurso que vem aqui parao estado”, disse.

Luciano ressalta que o Piauí possui um dos piores desempenhos em relação a taxa de vacinação contra a Covid-19, e que isso se deve ao fato de que as vacinas estão chegando e a população não está sendo vacinada.

“O governador sempre tenta politizar a questão da pandemia. Nós temos o Piauí com um dos piores índices de vacinação do Brasil, enquanto isso o governador vive fora do estado querendo adquirir vacina lá da Rússia sem a aprovação sequer da Anvisa. Então pra ele buscar uma nova vacina, primeiro ele tinha que tá vacinando a população com a vacina que já tem aqui. Se nós temos o pior índice desempenho na vacinação, quer dizer que as vacinas estão vindo e nós não estamos vacinando”, finalizou.

Mais na Web