Política

“Lula vai decidir candidatura no fim do ano”, diz Gleisi Hoffmann

A deputada também destacou o carinho que o ex-presidente tem pelo estado do Piauí, durante evento nesta terça-feira (17).
17/08/2021 19h58 - atualizado

Nesta terça-feira (17), a presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), a deputada federal Gleisi Hoffmann, esteve presente no evento de inauguração das obras de reforma e ampliação de Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) Pedra Mole, na zona Leste de Teresina e falou sobre a importância de ações voltadas para a educação e sobre as eleições 2022.

Ao Viagora a deputada destacou o carinho que o ex-presidente Lula tem pelo estado do Piauí, que segundo ela, foi um dos primeiros estados a ter como foco o combate à fome e a pobreza.

  • Foto: Luis Marcos/ViagoraPresidente nacional do PT, Gleisi HoffmannPresidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann

“O Lula tem um carinho muito especial, particular pelo Piauí, pela história inclusive que ele contou sobre a educação, o primeiro município que de fato o governo federal quando ele se elegeu colocou como foco pra combater a fome e a pobreza e toda a parceria que faz com o governador o Wellington”, ressaltou.

De acordo com a presidente do PT, é de extrema importância participar de eventos que mostrem a evolução do ensino. “Pra nós do PT, e pra ele [Lula] é muito importante estar aqui hoje e participar de um evento como esse, que mostra a evolução da educação no Piauí. Pro estado que tinha lá na década de 90, dificuldades de ter o primeiro grau implantado em todos os municípios está oferecendo para a população uma universidade aberta, oferecendo cursos de qualidade, isso transforma a vida das pessoas e transforma a vida dos estados. Então isso é pra diretamente divulgar e mostrar o que tem de bom acontecendo aqui, na contramão de tanta coisa ruim acontecendo no Brasil”, disse.

Eleições 2022

Questionada sobre se Lula irá realmente se candidatar a presidência da República no próximo ano, Gleisi Hoffmann, destaca que é um desejo do partido, mas que o ex-presidente ainda não decidiu de fato.

“Se depender do PT sim, mas ele não decidiu ainda, vai decidir isso no final do ano ou no início do ano que vem, nós temos que aguardar, mas o PT gostaria muito que ele fosse candidato, ele é o melhor candidato do povo brasileiro e é quem tem condições de derrotar essa situação de tristeza que a gente vive hoje no Brasil, de desconstrução do estado brasileiro”, pontuou

Mais na Web