Polícia

Mãe é presa suspeita de matar filho de 3 anos em São Paulo

A polícia pediu à Justiça a conversão da prisão em flagrante da mulher para preventiva, e a suspeita foi indiciada por homicídio qualificado por meio cruel.
12/05/2021 09h31 - atualizado

Nessa terça-feira (11), a Polícia Civil de São Paulo indiciou uma mulher de 37 anos por suspeita de matar o próprio filho de 3 anos após um surto psicótico.

Gael de Freitas Nunes, de apenas 3 anos foi encontrado morto dentro da casa onde morava no bairro da Bela Vista, região central da capital, nessa segunda-feira (10).

  • Foto: Reprodução/TV GloboGael de Freitas NunesGael de Freitas Nunes

Segundo a polícia, durante o depoimento a tia-avó de Gael contou que chegou a ouvir barulhos fortes de batidas na parede e de vidro quebrando na cozinha da casa, e que ao chegar no cômodo, encontrou a criança deitada no chão, com vômito e coberta por uma toalha de mesa.

A Santa Casa de São Paulo informou que a criança chegou na unidade de saúde em processo de reanimação pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu e acabou morrendo.

A polícia pediu à Justiça a conversão da prisão em flagrante da mulher para preventiva, e a suspeita foi indiciada por homicídio qualificado por meio cruel.

Conforme o boletim de ocorrência, a criança tinha ferimentos pelo corpo e sofreu uma parada cardíaca. O corpo de Gael será sepultado no município de Prata, na Paraíba.

Mais na Web