Geral

Mais 9,4 milhões recebem hoje novas parcelas do auxílio emergencial

Outros 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família, com número final 8 do NIS, terão direito à parcela do auxílio extra, de R$ 300, que será paga até dezembro.
28/09/2020 08h47 - atualizado

Nesta segunda-feira (28), a Caixa Econômica Federal irá pagar novas parcelas do auxílio emergencial para 9,4 milhões de pessoas. Serão beneficiados 7,8 milhões nascidos em outubro e novembro do ciclo 2 de pagamento, que receberão da 1ª à 5ª parcela de R$ 600, dependendo da data de entrada no programa. 

Outros 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família, com número final 8 do NIS, terão direito à parcela do auxílio extra, de R$ 300, que será paga até dezembro.

O pagamento desse grupo, o primeiro a ganhar as parcelas residuais, segue o calendário regular do programa e vai até o dia 30, para os que têm o NIS final 0.

Para os demais grupos, o pagamento das novas parcelas extras de R$ 300 ainda não foi definido pelo Ministério da Cidadania, mas deverá ser incluído no calendário organizado por ciclos de crédito em conta digital e saques em espécie até o final do ano. Os beneficiários recebem a parcela a que têm direito no período de acordo com o mês de nascimento.

Para o grupo do ciclo 2, o valor é primeiro creditado na conta digital, que pode ser movimentada por meio do aplicativo Caixa Tem. Com ele é possível pagar boletos e fazer compras na internet e nas maquininhas em mais de 1 milhão de estabelecimentos comerciais. O saque para os nascidos em outubro e novembro só será liberado nos dias 20 e 22 de outubro, respectivamente.

Saque liberado

Nesta terça-feira (29), a Caixa libera o saque em dinheiro para 4,1 milhões nascidos em março. Os resgates também podem ser feitos nos caixas eletrônicos e lotéricas, utilizando o código que deve ser gerado no aplicativo Caixa Tem. Será possível ainda resgatar o valor por meio de transferências para outras contas.

Para realizar o saque, é preciso fazer o login no app, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o beneficiário deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora.

Com informações do R7.

Mais na Web