Coronavírus no Piauí

Mais de 100 pacientes do Maranhão foram atendidos em Teresina

Segundo dados da FMS, um total de 135 pacientes com Covid-19 vindos de 24 cidades do Maranhão já foram atendidos em Teresina.
27/05/2020 14h55 - atualizado

Nesta quarta-feira, 27 de maio, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) informou que um total de 135 pacientes com Covid-19 vindos de 24 cidades do Maranhão já foram atendidos em Teresina. Após realização de exames e avaliação médica, 47 foram internados na rede de saúde da capital piauiense e os demais orientados a permaneceram em isolamento domiciliar.

“O nosso receio é de que aumente a procura espontânea de pacientes maranhenses aos serviços de saúde na nossa cidade. Nós sabemos que o SUS tem princípios organizacionais, funcionando com divisão de competências e o atendimento a pacientes com sintomas gripais, por exemplo, deve ser assegurado por cada município aos seus moradores”, declarou o presidente da FMS, Manoel de Moura Neto.

O presidente da FMS alerta ainda que esses pacientes poderiam ser atendidos em suas regiões de origem e, caso necessário, seriam regulados para outros hospitais de sua região ou para Teresina, dependendo da existência de pactuação. “Isso seria benéfico para o paciente, que é atendido com a rapidez que o caso requer, sem sofrer desgaste com o deslocamento, e igualmente benéfico à rede de saúde”, completa.

Segundo boletim da Secretaria Estadual do Maranhão, o estado já registra 22.786 casos de Covid-19 e 784 óbitos decorrentes de complicações da doença. Já o estado do Piauí tem 3.966 casos confirmados e 134 óbitos. Em Teresina, são 1.890 casos confirmados e foram computados 66 óbitos de residentes da capital.

Os usuários atendidos em Teresina vieram de São Luís, Codó, Caxias, Pedreiras, Anapurus, Bacabal, Balsas, Parnarama, Presidente Dutra, São Mateus do Maranhão, Alto Alegre do Maranhão, Barra do Corda, Buriti, Coelho Neto, Dom Pedro, Lago da Pedra, Lima Campos, Matões do Norte, Santa Inês, São Bernardo, São Domingos do Maranhão, São João dos Patos, Timbiras e Timon.

Mais na Web