Piauí

Mais de 74 mil eleitores do Piauí já baixaram o aplicativo e-Título

O aplicativo da Justiça Eleitoral serve como substituto do título eleitoral e dispensa a impressão de segunda via.
11/11/2020 12h54 - atualizado

Mais de 74 mil eleitores do Piauí baixaram a versão atualizada do e-Título, aplicativo criado pelo Tribunal Superior Eleitoral com o objetivo de facilitar a utilização dos diversos serviços prestados pela Justiça Eleitoral. O aplicativo também serve como substituto do título eleitoral e dispensa a impressão de segunda via.

De acordo com os dados do Relatório de Emissão de e-Título, dos 74 mil piauienses que baixaram o aplicativo, 69.366 pessoas possuem identificação biométrica e apenas 4.226 não possuem. O aplicativo se tornou o documento digital mais baixado do país em novembro.

Para ter a funcionalidade de título, a última atualização do app passou a mostrar a foto do eleitor, permitindo que o cidadão apresente apenas o seu perfil no aplicativo para ingressar na seção eleitoral e votar. No entanto, tal funcionalidade está disponível somente para quem realizou o cadastramento biométrico.

Também é possível que o eleitor justifique o voto, para o caso de o eleitor estar fora da sua seção eleitoral no dia do pleito. O aplicativo permite ainda a emissão de certidão de quitação eleitoral e de certidão de crimes eleitorais, assim como emissão e consulta de Guia de Recolhimento da União (GRU), para o pagamento de multas por ausências injustificadas às urnas ou aos trabalhos eleitorais, a consulta ao local de votação e a inscrição como mesário voluntário.

A meta da Justiça Eleitoral é transformar o e-Título numa central de prestação de serviços por dispositivos móveis. A expectativa é que a maior parte do atendimento realizado pelos cartórios eleitorais seja feito por dispositivo móvel, inclusive com a possibilidade de digitalizar e enviar documentos necessários para serviços como alistamento, transferência e revisão eleitoral.

Como baixar o e-Título

O aplicativo da Justiça Eleitoral é gratuito e está disponível nas lojas de aplicativos para celular Play Store e App Store. Ao acessar a loja, basta digitar na busca ‘e-Título’. Ao encontrar o aplicativo oficial, clique para fazer download e, em seguida, a instalação. Após baixar o aplicativo, o eleitor faz um cadastro informando dados pessoais, número do seu título eleitoral ou CPF, nome, o nome da mãe e do pai e a data de nascimento. Depois é criada uma senha de acesso.

Mais na Web