Piauí

Médicos da rede estadual paralisam atendimentos nesta segunda

De acordo com Samuel Rêgo, presidente do SIMEPI, a categoria está unida na luta por uma saúde pública de qualidade e fazendo um movimento com muita responsabilidade.
27/05/2019 08h43 - atualizado

Nesta segunda-feira (27), os médicos da rede estadual de Saúde inciam uma paralisação de atendimentos por 72 horas. O ato segue até o dia 29. 

De acordo com Samuel Rêgo, presidente do Simepi, a categoria está unida na luta por uma saúde pública de qualidade e fazendo um movimento com muita responsabilidade.

  • Foto: Divulgação/SimepiMédicos fazem paralisaçãoMédicos fazem paralisação

“O SIMEPI está lutando por condições dignas de trabalho para que a medicina seja exercida de forma digna para os médicos e a população. Infelizmente o Governo do Estado está passando por um momento em que a saúde pública não vem sendo tratada com prioridade”, comenta Samuel Rêgo.

De acordo com o sindicato, durantes os três dias estão suspensas a realização de consultas e procedimentos, exceto os casos de urgência e emergência.

Os médicos que reivindicam “condições dignas” de trabalho estão concentrados em frente ao Ambulatório Azul do Hospital Getúlio Vargas.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web