Polícia

Menor revela que recebeu ordem de facção para incendiar ônibus

A Companhia Independente do Promorar da Polícia Militar do Piauí, realizou a apreensão do menor na noite deste sábado (9), na Cerâmica Cil.
10/03/2019 17h00 - atualizado

O Viagora obteve a informação que o menor de iniciais W.M.C.G, 17 anos, apreendido, suspeito de participação no incêndio de dois ônibus na zona Sul de Teresina, confessou para dois educadores do Complexo de Defesa da Cidadania que a ordem para execução do crime partiu de dentro da Casa de Custódia.

O menor também teria confessado aos educadores que faz parte da facção criminosa “Bonde dos 40”. A facção do Maranhão estaria se estendendo para presídios de outros estados, como o Piauí.

A Companhia Independente do Promorar da Polícia Militar do Piauí, realizou a apreensão do menor na noite deste sábado (9), na Cerâmica Cil.

Neste domingo (10), o suspeito foi encaminhado para o Complexo de Defesa e Cidadania que atende adolescentes do sexo masculino e feminino, envolvidos com a prática de ato infracional, na faixa etária de 12 a 18 anos incompletos e excepcionalmente até 21 anos apreendidos em flagrante ou por determinação judicial.

Sobre o caso

Na noite desta sexta-feira (08), um ônibus coletivo da empresa Transcol foi incendiado no bairro Mário Covas, zona Sul de Teresina.

Já na noite de quinta-feira (07), um ônibus coletivo da empresa Transcol também foi incendiado no Residencial Betinho, região do bairro Angelim.

Mais na Web