Política

Merlong e Rejane Dias votam contra PEC dos Precatórios em 2º turno

De acordo com a Câmara dos Deputados, o intuito da proposta é liberar cerca de R$ 91,6 bilhões pra o programa Auxílio Brasil, que vai suceder o Bolsa Família.
10/11/2021 10h45 - atualizado

Na noite dessa terça-feira (09), foi aprovado em segundo turno, pela Câmara dos Deputados, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) dos Precatórios.

Na quinta-feira (04), aconteceu uma votação, onde foi aprovado o texto-base em primeiro turno com 312 votos a favor e 108 contrários.

Nessa nova etapa, dois deputados do Piauí votaram contra a proposta apoiada pelo Governo Federal, Rejane Dias (PT) e Merlong Solano (PT).

De acordo com a Câmara dos Deputados, o intuito da proposta é liberar cerca de R$ 91,6 bilhões pra o programa Auxílio Brasil, que vai suceder o Bolsa Família.

O texto-base foi aprovado por 323 votos a favor, 172 votos contrários e uma abstenção. Os parlamentares votaram e rejeitaram quatro destaques. O texto segue para análise do Senado, onde precisa ser aprovado em dois turnos, com, pelo menos dois terços de votos favoráveis.

  • Foto: DivulgaçãoDeputados do Piauí.Deputados do Piauí.

Confira como os deputados piauienses votaram:

Flávio Nogueira (PDT) – sim

Marcos Aurélio Sampaio (MDB)- sim

Marina Santos (PL) – sim

Capitão Fábio Abreu (PL) – sim

Iracema Portela (PP) – sim

Átila Lira (PP) – sim

 Margarete Coelho (PP) – sim

Júlio César (PSD) – sim

Rejane Dias (PT) – não

Merlong Solano (PT) – não

Mais na Web