Saúde

Ministério da Saúde diz que SUS terá exclusividade sobre CoronaVac

Em nota, a pasta destaca que todas as vacinas produzidas ou importadas pelo Instituto Butantan serão compradas pelo Governo Federal para serem incluídas no plano nacional de vacinação.
10/01/2021 10h05 - atualizado

Todas as doses da vacina CoronaVac, produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, serão adquiridas e distribuídas com exclusividade pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como informou o Ministério da Saúde nesse sábado (09).

Por meio de nota, a pasta destaca que todas as vacinas produzidas ou importadas pelo Instituto Butantan serão compradas pelo Governo Federal para serem incluídas no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19. O Ministério da Saúde será o responsável pela distribuição das doses da vacina nos 26 estados e no Distrito Federal.

 “Assim, brasileiros de todo o país receberão a vacina simultaneamente, dentro da logística integrada e tripartite, feita pelo Ministério da Saúde e as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde”, disse a pasta em nota.

Na última quinta-feira (07), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, havia anunciado a compra de 100 milhões de doses da CoronaVac, com a compra inicial de 46 milhões de doses até abril, com a possibilidade da aquisição de mais 54 milhões de doses. O valor da compra ultrapassa R$ 2.677 milhões, com todas as despesas ordinárias diretas e indiretas.

Mais na Web