Saúde

Ministério da Saúde investirá R$ 14 milhões no atendimentos de urgência

O objetivo do programa é capacitar profissionais da saúde para realizarem atendimentos de urgência e emergências em suas unidades de saúde.
  • LETÍCIA DUTRA
18/10/2021 17h45

Nesta segunda-feira (18), o Ministério da Saúde anunciou um investimento de R$ 14 milhões na criação de 10 mil vagas para o programa SOS de Ponta, que tem o objetivo de capacitar profissionais da saúde para realizarem atendimentos de urgência e emergências em suas unidades de saúde.

Marcelo Queiroga, ministro da saúde, afirmou durante a cerimônia de lançamento do Programa SOS de Ponta, que diante da situação pandêmica a lição deixada foi de fortalecimento no sistema de saúde do Brasil.

Ainda segundo o ministro da saúde, o Sistema de Saúde atualmente tem “posição confortável” e a capacidade de atender pacientes que possuem síndrome respiratória grave, e necessitam das unidades de terapia intensiva (UTIs).

Durante a cerimônia de lançamento, também foi pautado pelo ministro a antecipação do lançamento do programa Médicos pelo Brasil que terá um edital para contratação dos médicos de maneira diferente da anterior.

O ministro ainda ressaltou a importância da atuação dos profissionais da saúde na linha de frente para o combate à pandemia e da relação de confiança entre os médicos e pacientes.

Mais na Web