Piauí

Ministério Público apura atos de violência após jogo em Teresina

Conforme o Inquérito, houveram agressões entre torcedores e jogadores do River na saída do estádio e na chegada ao Centro de Treinamento Afrânio Nunes.
04/05/2021 08h02 - atualizado

O Ministério Público do Piauí, através da 32ª Promotoria de Justiça instaurou Procedimento Preparatório de Inquérito Civil Público, com o objetivo de apurar a ocorrência de episódios de violências após a partida de futebol realizada entre River e Flamengo-PI, no dia 25 de abril de 2021, no Estádio Albertão, em Teresina.

Conforme o Inquérito Civil Nº 02/2021, houveram agressões entre torcedores e jogadores do River na saída do estádio e na chegada ao Centro de Treinamento Afrânio Nunes, na Zona Sul da capital.

Como diligências iniciais ficou estabelecido a expedição de ofícios aos representantes da Federação de Futebol do Piauí e do River Atlético Clube, noticiando a instauração deste procedimento e requisitando informações sobre o episódio, bem como as providências adotadas para garantir a segurança na realização dos jogos.

Além de envio de ofício ao Comando-Geral da Polícia Militar do Estado do Piauí, cientificando da instauração do procedimento e requisitando o envio de documentos que julgarem relevantes para a melhor elucidação dos fatos apurados, mormente no que diz respeito às ocorrências registradas por ocasião do conflito e as providências adotadas, e a expedição de ofício ao Delegado-Geral da Polícia Civil do Estado do Piauí, requisitando a instauração do inquérito policial para apurar o caso.

Após a devida instrução do procedimento, a Justiça adotará as medidas adequadas para a punição e responsabilização dos envolvidos.

Mais na Web