Piauí

Ministro libera verba para retomada de projeto em São João do Piauí

As intervenções do Marrecas-Jenipapo começaram ainda durante o governo de Dilma Rousseff (PT) no ano de 2013 e sofreram  paralisações ao longo dos anos. O projeto receberá cerca de R$ 13,7 milhões.
26/10/2021 13h10

O Governo Federal anunciou a retomada das obras do projeto Marrecas-Jenipapo, que tem como objetivo contemplar famílias do interior do Piauí com infraestrutura de irrigação necessária para plantações em um espaço de mil hectares, em São João do Piauí.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e o presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), Marcelo Moreira, assinaram a ordem de serviço para a retomada das obras, nessa segunda-feira (25), na cidade de Parnaíba.

De acordo com informações, a água que abastecerá o cultivo em lotes familiares no Marrecas-Jenipapo sai do Rio Piauí, a partir da Barragem Jenipapo.

Nesta etapa final do projeto, serão selecionadas mais de 200 famílias. O projeto receberá cerca de R$ 13,7 milhões em investimento.

As intervenções do Marrecas-Jenipapo começaram ainda durante o governo de Dilma Rousseff (PT) no ano de 2013 e sofreram  paralisações ao longo dos anos. O presidente da Codevasf disse que o contrato foi descontinuado, o que ocasionou diversos reajustes desde 2013.

Segundo o projeto, no total, 13 cidades serão beneficiadas. Conforme o ministério, a previsão é que sejam gerados 2,5 mil empregos diretos e indiretos.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web