Política

“Montezuma não gosta de diálogo, é truculento”, diz vereador Dudu

O vereador petista comentou sobre o pré-candidato lançado pelo prefeito Firmino Filho (PSDB) para sucedê-lo no comando do Palácio da Cidade.
14/09/2020 10h30 - atualizado

Na manhã da última sexta-feira, 11 de setembro, o PT realizou a sua convenção partidária para as eleições municipais deste ano em Teresina. Estiveram presentes várias lideranças do partido, como o governador Wellington Dias, a vice-governadora Regina Sousa, deputados estaduais e vereadores.

O vereador Dudu, que oficializou a sua candidatura a reeleição para a Câmara Municipal, comentou sobre o nome lançado pelo prefeito Firmino Filho (PSDB) para sucedê-lo no comando do Palácio da Cidade, o professor Kleber Montezuma.

“O Kleber Montezuma goza, na nossa cidade, de uma rejeição descomunal, é só perguntar para os professores quem é Kleber Montezuma que todo mundo vai saber. Não gosta de diálogo, um truculento. O PSDB passou de autoritário, que é o Firmino, e quer empurrar agora um truculento, mas o povo não engole, não engoliu e nem vai engolir”.

  • Foto: Luis Marcos/ViagoraVereador DuduDudu rebateu críticas do prefeito Firmino Filho a candidatos da oposição.

Dudu ainda rebateu críticas do prefeito tucano aos candidatos de partidos aliados ao Palácio de Karnak, onde o gestor teria afirmado que eram todos “farinha do mesmo saco”.

“Olha a farinha do mesmo saco do Firmino: ele com um senador que eu votei, mas tenho vergonha hoje, o Ciro Nogueira, com um ex-prefeito de uma cidade que disse, do lado dele, que roubou. Ele larga Teresina aqui em lockdown e vai fazer campanha para 2022. O Firmino está desesperado. Ele deteriorou a chapa dele proporcional, é só olhar o tamanho da chapa do PSDB e dos outros partidos, não encontrou nenhum vice que pudesse levantar a candidatura do Kleber Montezuma”.

Mais na Web