Geral

Moro diz que é possível aprovar pacote anticrime ainda neste ano

O ministro acredita ser possível aprovar o pacote anticrime no Congresso Nacional ainda este ano, devido as discussões sobre a Previdência estarem “bem encaminhadas”.
  • DA REDAÇÃO
14/05/2019 15h50 - atualizado

Nessa segunda-feira, 13 de maio, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, disse ser possível aprovar o pacote anticrime no Congresso Nacional ainda este ano, já que a reforma da Previdência está “bem encaminhada no Parlamento”.

“Nós acreditamos no projeto, que tem medidas simples, efetivas e eficazes contra a criminalidade organizada, contra a corrupção e a criminalidade violenta”, disse o ministro durante participação no 1º Simpósio Nacional sobre Vitimização Policial, no Rio de Janeiro.

Produzido para alertar a sociedade sobre a realidade enfrentada por policiais militares, o documentário Heróis do Rio de Janeiro foi exibido na sessão de abertura do simpósio.

Segundo a Comissão de Análise da Vitimização da Polícia Militar, nos últimos 20 anos, apenas no estado do Rio de Janeiro, mais de 20 mil policiais militares morreram por causas não naturais, ficaram feridos ou foram afastados por problemas psiquiátricos e psicológicos.

De acordo com Moro, a busca pela redução dos números de criminalidade vai atingir levar também à queda do número de policiais mortos.

“A violência que leva a este número absurdo de assassinatos é a mesma violência que vitima estes policiais. Se nós conseguirmos diminui-la, vamos conseguir diminuir com o tempo a violência contra policiais”, disse o ministro.

A realização do simpósio fez parte dos festejos comemorativos dos 210 anos da Polícia Militar do Rio de Janeiro. A corporação foi criada no dia 13 de maio de 1809.

Mais na Web