Piauí

Morre em Teresina aos 92 anos o advogado Adélman de Barros Villa

O advogado Adélmar de Barros Villa era professor aposentado da UFPI, foi Procurador do Estado do Piauí e sócio fundador do Iate Clube de Teresina.
09/11/2020 17h29 - atualizado

Na manhã desta segunda-feira (09), o advogado Adélman de Barros Villa morreu aos 92 anos em Teresina, a causa da morte não foi revelada.

Adélmar de Barros Villa era professor aposentado da Universidade Federal do Piauí (UFPI), advogado, era um dos sócios fundadores do Iate Clube e membro do Conselho Consultivo. Adélmar também diretor-geral do DER, e chefe da assessoria jurídica da Cepisa, e procurador do Estado do Piauí.

  • Foto: DivulgaçãoAdvogado Adélmar de Barros VillaAdvogado Adélmar de Barros Villa

Por meio de nota, o Iate Clube de Teresina lamentou a morte de Adélmar e firmou que o advogado foi de extrema importância para o Clube. A UFPI também emitiu nota de pesar pela morte de Adélmar, que foi assessor jurídico da Reitoria, e Procurador do Estado do Piauí.

É com extremo pesar que o Iate Clube de Teresina lamenta profundamente o falecimento de Adelman de Barros Villa, um dos sócios-fundadores do nosso clube e membro do Conselho Consultivo da atual gestão, na manhã desta segunda-feira, dia 09 de novembro.⠀ ⠀ Frisamos a importância de Dr. Adelman, que foi um homem de extrema importância para o Iate Clube, seus amigos e familiares, pela sua forma correta de se posicionar, por ser um homem admirável e digno de todas as homenagens e aplausos dos sócios do nosso clube.⠀ ⠀⠀ Cientes da misericórdia divina, deixamos nossas mais sinceras condolências aos familiares e amigos por esta inestimável perda.⠀#notadepesar #iateclubedeteresina

Uma publicação compartilhada por Iate Clube de Teresina (@iateclubedeteresinaoficial) em

Confira a nota da UFPI:

A Administração Superior da Universidade Federal do Piauí, o Centro de Ciências Humanas e Letras - CCHL e toda a comunidade universitária comunicam, com pesar, o falecimento do Professor Adelman de Barros Villa.

Professor Adelman foi professor de Direito da UFPI/DCJ, ex- assessor jurídico da Reitoria, Procurador do Estado do Piauí.

Entre tantos familiares e amigos deixou o Professor Lucas Villa (neto), e os filhos Procuradora Federal Ana Maria do Rego Monteiro Villa, Procurador da Fazenda Nacional Adelman Villa Júnior e a Delegada Eugenia Villa.

A UFPI e toda comunidade universitária externa as condolências e solidariedade aos familiares e amigos neste momento de perda de um ente querido.

Confira a nota da Procuradoria Federal no Estado do Piauí:

Comunicamos, com pesar, o falecimento do Professor Adélman de Barros Villa, pai da Procuradora Federal Ana Maria do Rego Monteiro Villa.

Neste momento de profunda dor, a Procuradoria Federal/AGU no Estado do Piauí se solidariza com os familiares e amigos e envia suas condolências.

Atenciosamente,

Advocacia-Geral da União

Procuradoria-Geral Federal

Procuradoria Federal no Estado do Piauí

Mais na Web