Piauí

MP abre inquérito para investigar prefeito Veríssimo Siqueira

O promotor Vando Marques abriu o procedimento para apurar possíveis irregularidades na aquisição de gêneros alimentícios destinados à manutenção de escolas de Santa Rosa do Piauí.
22/07/2019 06h30 - atualizado

O Ministério Público do Piauí, através do promotor, Vando da Silva Marques instaurou inquérito civil em face do prefeito de Santa Rosa do Piauí, Veríssimo Siqueira para apurar possíveis irregularidades na aquisição de gêneros alimentícios destinados à manutenção de escolas.

De acordo com a portaria n.º 50/2019, publicada no Diário Oficial, o MPPI considerou apurar a denúncia de com suposta compra de gêneros alimentícios inexistentes no estoque da empresa fornecedora J.A PEREIRA LIMA –ME, bem como supostas manutenção de aquisições de gêneros alimentícios perecíveis em períodos de férias escolares, no município.

  • Foto: Divulgação/ Facebook PrefeituraPrefeito Verissímo SiqueiraPrefeito Veríssimo Siqueira

Segundo o MPPI, o inquérito é para coleta de informações, documentos, depoimentos, perícias, dentre outras provas, ressaltando que a posteriori será analisada a necessidade de celebração de termo de ajustamento de conduta, ajuizamento de Ação Civil Pública ou possível arquivamento.

“Requisita-se a Prefeitura Municipal de Santa Rosa do Piauí, na pessoa do gestor municipal, Sr. Verissimo Antônio Siqueira da Silva, no prazo de 10 (dez) dias, informações a respeito da aquisição de gêneros alimentícios destinados à manutenção das atividades nas escolas municipais de Santa Rosa do Piauí, com o encaminhamento de todas as notas de empenho, notas de liquidação/ordem de pagamento e recibos de mercadorias e insumos adquiridos da empresa J. A PEREIRA LIMA- ME (CNPJ Nº 04.347,576/0001-80), inclusive aquisições efetuadas em períodos de férias, justificando as aquisições realizadas no período de recesso escolar, encaminhando-as a esta Promotoria de Justiça, no prazo supracitado”, determinou o representante do Ministério Público.

Outro lado

Viagora procurou o gestor para falar sobre o assunto, mas até o fechamento da matéria o prefeito não foi localizado. O espaço está aberto para esclarecimentos.

Mais na Web