Piauí

MP investiga servidores municipais de Picos por acúmulo de cargos

A promotora Karine Araruna instaurou inquérito civil instaurou o inquérito para apurar o acúmulo dos cargos pela Secretária de Finanças e pela Coordenadora de Habitação.
11/06/2019 06h15 - atualizado

O Ministério Público do Estado do Piauí, através da promotora Karine Araruna Xavier instaurou um inquérito civil público para averiguar o acúmulo ilegal de cargos públicos pela Secretária de Finanças e pela Coordenadora de Habitação no município de Picos, administrado pelo prefeito José Walmir de Lima, mais conhecido como Padre Walmir.

De acordo com a portaria, N. 33/2019-A, publicada no Diário Oficial, o MPPI considerou a Representação dos vereadores de Picos, Francisco das Chagas de Sousa, Francisca Celestina de Sousa e José Luís de Carvalho em face da referida municipalidade.

  • Foto: Prefeitura de PicosPrefeito de Picos, Padre WalmirPrefeito de Picos, Padre Walmir

Segundo o MPPI o procedimento instaurado vai apurar elementos quanto aos fatos denunciados.

“Oficie-se o senhor José Walmir de Lima, Prefeito de Picos-PI, para que se manifeste acerca dos fatos expostos na Representação, encaminhando a este Parquet documentação comprobatória de suas alegações, cópia anexa, no prazo de 10 (dez) dias”, determinou a representante do Ministério Público do Piauí.

Outro lado

O Viagora procurou o gestor para falar sobre assunto, o prefeito informou que ainda não foi notificado sobre o caso.

Mais na Web