Piauí

MP-PI investiga prefeito Maninho por irregularidades em licitação

Vando da Silva Marques, instaurou inquérito para apurar contratação de transporte escolar, bem como irregularidades na Comissão Permanente de Licitação no município de Coronel José Dias.
26/10/2018 07h10 - atualizado

O Ministério Público do Piauí através do promotor Vando da Silva Marques, instaurou um inquérito contra Manoel Oliveira Galvão, mais conhecido como Maninho, para apurar suposto ato de improbidade administrativa em razão de irregularidades em licitação para a contratação de transporte escolar, bem como irregularidades na Comissão Permanente de Licitação no município de Coronel José Dias.

Conforme a Portaria n.º 115/2018, está sendo averiguado irregularidades na licitação citada para a contratação de transporte pela empresa vencedora do certame D.G. de Oliveira-ME.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Prefeito ManinhoPrefeito Maninho

Segundo o Ministério Público do Piauí, a instauração do inquérito é para a coleta de informações, documentos, depoimentos, perícias, dentre outras provas.  “Ressaltando que a posteriori será analisada a necessidade de celebração de termo de ajustamento de conduta, ajuizamento de Ação Civil Pública ou possível arquivamento”, disse o representante do órgão de fiscalização.

Na portaria, o Promotor fez ainda as seguintes determinações:  “Notifique-se gestor do Município de Coronel José Dias, Sr. Manuel Oliveira Galvão, Sr. Abdoral Costa Oliveira e a empresa contratada D.G. De Oliveira ME para, querendo, prestarem esclarecimentos sobre os fatos, no prazo de 15 (quinze) dias".

Outro lado

O Viagoraprocurou o prefeito Maninho, para falar sobre o assunto, mas até o fechamento da matéria o gestor não foi localizado. O espaço fica aberto para esclarecimentos.

Mais na Web