Coronavírus no Piauí

MP quer que municípios do Piauí adquiram mais testes da Covid-19

De acordo com o MPPI, após uma reunião com os representantes dos municípios foi constatado que há uma quantidade abaixo do esperado de testes rápidos da doença.
15/07/2020 06h25 - atualizado

O Ministério Público do Piauí (MPPI), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Piracuruca, expediu uma recomendação assinada pelo promotor Márcio Giorgi Carcará Rocha, para que as cidades de Piracuruca, São João da Fronteira e São José do Divino, adquiram mais testes da Covid-19.

De acordo com o MPPI, após uma reunião realizada com os representantes dos municípios foi constatado que há uma quantidade abaixo do esperado de teste rápidos da Covid-19, o que vai em desencontro ao que indica a Organização Mundial da Saúde (OMS), que recomenda aos países que ampliem a realização de testes em pacientes com sintomas da Covid-19 e fortaleçam ações de isolamento das pessoas com suspeita da infecção, sendo que a testagem deve abranger tanto pessoas que apresentem sintomas quanto aquelas que tiveram contato com casos confirmados.

Segundo o Ministério Público, a medida foi tomada para atender a demanda da população e recomenda que os prefeitos de Piracuruca, São João da Fronteira e São José do Divino compre mais testes rápidos ou testes de biologia molecular (RT-PCR), em número suficiente para a testagem em massa da população, para possibilitar a realização de diagnóstico da dimensão da pandemia no âmbito municipal e permitir a adoção de providências para a contenção vírus.

Ainda segundo o MP, os municípios citados têm o prazo de cinco dias para informar sobre o acatamento dos termos da recomendação ou encaminhada a fundamentação jurídica que justifique o não acatamento.

Mais na Web