Polícia

Mulher acusada de matar sete cães é presa na zona Norte de Teresina

De acordo com a Polícia Civil, esta é a primeira prisão pelo crime de Biocídio realizada na cidade pela morte de sete filhotes de cães com base no art 32 da Lei de Crimes Ambientais.
09/11/2020 15h31 - atualizado

Na manhã desta segunda-feira (09), a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), deu cumprimento ao primeiro mandado de prisão pelo crime de Biocídeio, devido a morte de sete filhotes de cães no bairro Buenos Aires, na zona Norte de Teresina.

Segundo a Polícia Civil, a mulher, que não teve o nome revelado, foi presa acusada de ter matado sete cães ao abandonar os filhotes no sol, e os animais teriam morrido por conta do calor.

O caso foi enquadrado como crime de Biocídio, com base no art 32, da Lei de Crimes Ambientais e prevê pena de até cinco anos de prisão.

Conforme a polícia, agentes do Batalhão Ambiental e da Guarda Municipal foram até a residência e constatara a morte dos animais, e nas investigações foram colhidos os depoimentos de vizinhos que denunciaram por meio de fotos e vídeos que os animais estavam expostos ao sol.

Mais na Web