Polícia

Mulher que morreu durante tiroteio no Promorar foi baleada nas costas

De acordo com o delegado Barêtta, a jovem Leidiane foi atingida com um disparo de arma de fogo.
17/09/2021 13h25

Na manhã desta sexta-feira (17), o diretor do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Barêtta, informou que a jovem Leidiane de 28 anos que morreu nesta quinta-feira (16) no momento em que andava no Parque São Jorge, no bairro Promorar, foi atingida com um disparo de arma de fogo.

As primeiras informações da Polícia Militar eram de que a vítima havia morrido devido a um traumatismo craniano ao cair  tentando fugir de um tiroteio no local.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraDHPPDHPP

Segundo o delegado, a jovem foi atingida com um tiro na parte inferior da coluna. 

Ainda conforme o delegado, o projétil atingiu vários órgãos vitais da vítima, que chegou a ser socorrida e encaminhada a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Promorar, mas não resistiu e morreu.

O delegado informou que o caso está sendo investigado.

Mais na Web