Geral

“Não compraremos vacina da China”, diz Bolsonaro a ministros

Após o ministro da Saúde anunciar a compra de 46 milhões de doses da vacina chinesa produzida em parceria com o Butantan, Bolsonaro disse que as doses não serão compradas.
21/10/2020 12h05 - atualizado

Em mensagem enviada aos ministros, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Governo Federal não vai comprar as doses da vacina chinesa contra a Covid-19 produzida em parceria com o Instituto Butantan.

Nessa terça-feira (20), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, havia anunciado a compra de 46 milhões de doses da vacina CoronaVac, produzida em parceria com a Sinovac, empresa chinesa. As informações foram confirmadas pelo jornal O Globo.

  • Foto: Agência BrasilPresidente Jair BolsonaroPresidente Jair Bolsonaro

Em uma mensagem enviada aos ministros, o presidente Jair Bolsonaro comunica que o as doses da vacina chinesa, produzidas no Instituto Butantan, não serão compradas pelo Governo Federal, e ressalta que não mantém diálogo com João Dória, atual gestor do estado de São Paulo.

“Alerto que não compraremos vacina da China. Bem como meu governo não mantém diálogo com João Doria sobre covid-19”, escreveu o presidente para os ministros.

Mais na Web